Gokula Stoffel,  Alvorada de Vênus  foto: Ding Musa

Gokula Stoffel, Alvorada de Vênus foto: Ding Musa

EU VEJO O SOL  

E um campo nem magenta nem fogo engloba uma cena na qual  distanciamento e devir claudicam e nela é como se a representação dessas  duas abstrações, falo e cigarro, soassem como uma ode ao onanista, que em  sua repetição da forma, nos levam à figuração e então ao reconhecimento,  como manhã que traz luz aos nossos olhos, embora, paradoxalmente,  saibamos que é exatamente sobre os nossos sexos que ela nunca toca. É  como se todos aqueles paus de Vestonicě , lá, também chamados de Vênus,  aqui nos entregassem seu calipígio, sob duas pinceladas tornadas lua, e  uma floresta consagrada a alguma deusa nos apresentasse a iminente  presença de um after  para uma festa da qual nem ao menos nos lembramos  como chegamos em.  

Presos estamos nesse Idálio, testemunhas de um corpo cujo sexo se  apresenta claro e firme, mas cuja identidade se diluí talvez na  impossibilidade já supracitada de que as duas abstrações que possui em  suas mãos sejam una, talvez por uma dimensão bruta de existência que  cinge tal corpo, talvez pela cada vez maior necessidade que as relações  postulam sobre ele a respeito da sua representação. Porém a espera pelos  libidinosos pardais não cessa.  

Eu vejo o sol, e um campo nem magenta nem fogo engloba uma cena na qual  uma sonoridade como de 1000w ressoa uma póstuma frase de Nietzsche:  … deita rosas no abismo e diz: “aqui está o meu agradecimento ao monstro  que não me conseguiu engolir”, e então é como se fosse manhã outra vez e  então só há uma abstração.  

Guilherme Teixeira  

 

Glossário  

- Claudica: Que vacila, tropeça;  - Onanista: Aquele que pratica a masturbação incessantemente;  - Vestonicě: Referente à Dolní Vestonicě, aldeia na República  Tcheca onde foram encontradas diversas representações  femininas chamadas pelos pesquisadores de “Vênus”;  - Calipígio: Referente à nádegas formosas; Vênus Calipígia;  - Idálio: Cidade no Chipre, e também nome de um monte, ambos  conhecidos por seus cultos de adoração a Afrodite; ‘Idálio' vem  da expressão em grego “eu vejo o sol